27 de fevereiro de 2020
Para falar sobre Organização de Eventos de Estética, o Programa Estética na TV, trouxe o convidado Éverton Lopes, proprietário do CAPE - Centro de Aperfeiçoamento do Profissional Esteticista, que oferece cursos via Internet com o objetivo de trazer formação para profissionais que moram em regiões mais afastadas

Éverton Lopes mostra como organizar um evento de Estética

E conta como começou, dando dicas de como atingir o sucesso

Por Marisa De Lucia

Para falar sobre Organização de Eventos de Estética, o Programa Estética na TV, apresentado por Cristiano dos Santos no site www.esteticanatv.com.br, trouxe Éverton Lopes, profissional da área de Estética, proprietário do CAPE – Centro de Aperfeiçoamento do Profissional Esteticista, que oferece cursos via Internet com o objetivo de trazer formação em cursos extracurriculares, para profissionais que moram em regiões mais afastadas.

Everton Lopes
Everton Lopes

Éverton Lopes, que já está se tornando um dos maiores organizadores de eventos do País, contou um pouco de sua história. Segundo ele, tudo começou a partir de um sonho. “Não tem como começar nada sem sonhar, sem desejar ou planejar, e não adianta ninguém querer roubar tua ideia, pois não vai fazer como você planejou. Por mais que a pessoa tenha até mais recursos que você, ninguém melhor do que aquele sonhador para trazer à realidade tudo aquilo que foi sonhado com tanto carinho”, observou.

Quando teve a ideia de organizar seu próximo evento, o V Simpósio de Estética Científica, Éverton Lopes disse que seu objetivo era promover um evento bacana, levar conhecimento, tendências e atualização para o profissional, contudo, ainda estava buscando recursos para que isso pudesse acontecer.

Foi aí que sua modelo Jenifer Silva, acreditando em seu sonho, se propôs a investir no evento e foram buscar recursos, além do que ela já havia disponibilizado. “Foi preciso buscar não apenas recursos financeiros, mas pessoas que acreditassem naquele meu sonho”, comentou.

O fundamental, segundo Éverton Lopes que já está em seu quinto evento, é acreditar, pois se você não acredita como vai fazer outras pessoas acreditarem? Segundo ele, em seu primeiro evento ele teve muito sucesso de público, mas teve prejuízo, tanto que Jenifer não quis mais investir em outros eventos dele. Mas, ainda assim, não desistiu.

Éverton deu um exemplo muito interessante, contando de um evento ocorrido em janeiro deste ano, onde o espaço para 180 pessoas recebeu 220. E quando um dos participantes veio lhe perguntar qual a fórmula desse sucesso, como ele tinha conseguido lotar o auditório se janeiro não é um bom mês para fazer eventos, ele respondeu que talvez o fato dele não saber que janeiro não é um mês bom foi que fez com ele conseguisse este sucesso. Se soubesse, talvez fracasse. E comentou que “muitos acreditaram numa crise após a Copa e, com certeza, quem acreditou nisso enfrentou essa crise. Já aquele que não acreditou e buscou recursos para driblar essa crise, certamente, conseguiu alcançar seu objetivo final”, disse.

No mês de julho, Éverton Lopes teve a parceria de Katia Nunes num evento voltado para o profissional massoterapeuta. Montaram um espaço para 100 profissionais e colocaram 85, o que já foi sucesso e trouxe lucro. “Com isso, já demos um passo à frente, pois tínhamos um objetivo e só deixamos de atingir 15%. E foi ali que começamos a aprender a fazer eventos, saber a real necessidade do público que busca esse tipo de evento e a enfrentar tudo isso também. No começo, algumas coisas ficam falhas, mas sempre procuramos cumprir as questões de horário, de carga horária”, observou.

Quanto aos atrasos, Éverton explicou que, muitas vezes, a culpa não é do organizador, mas o palestrante não conseguiu terminar no tempo programado e os participantes querem ver o final. “Nesse caso, quando um palestrante atrasa vira o efeito dominó. E isso eu já vi acontecer em muitos eventos que participei”, disse.

No mês de março, o foco do evento de Éverton Lopes foi a Radioterapia e, novamente, ele conseguiu atingir a capacidade de público que pretendia, por isso já está indo para o próximo evento, este Simpósio organizado pela Academia Brasileira de Estética e Beleza (ABEB).

Para este evento, Éverton Lopes decidiu ter maior conforto, cadeiras mais confortáveis, realizar na Avenida Paulista, que é o coração de São Paulo, e locou um espaço no Teatro Gazeta. Segundo ele, por ser um valor muito alto e ter que ser agendando com muita antecedência, para alguns isto seria impossível. No entanto, Éverton falou que sempre busca ter alguém para apoiar sua ideia, e se não tem alguém, nem mesmo seu sócio, Eduardo Lipmann, ele vai atrás de alguém e tenta com esta outra pessoa convencê-lo.

O espaço locado para o próximo evento é para 680 pessoas e ele estima atingir 400 pessoas, tanto que já está organizando caravanas de outras cidades. Segundo Éverton, um mês após ter lançado a data do evento, sem saber o local, nem mesmo quais seriam seus parceiros e os temas, ele teve 27 inscrições. Isto, comentou Cristiano, chama-se credibilidade. E Éverton respondeu que ele tem, sim, um público que acredita em seu trabalho, mas que credibilidade não se conquista da noite para o dia, é preciso trabalhar muito para chegar nesse patamar.

Éverton comentou que quando vemos eventos de 1 mil até 4 mil pessoas, dos quais ele já participou, vemos que tem umas 50 ou 100 pessoas na equipe, tem uma equipe de marketing, tem um jornal, uma revista por trás, mas, na verdade, ele e seu sócio não. “Na verdade, temos nossos amigos no Facebook, com os quais conseguimos atingir esse público. Até temos uma parceria com o Programa Estética na TV, mas não temos uma equipe de marketing que fica ligando para nossos contatos. Isto porque eu quero que a pessoa sinta a necessidade de ir a este evento e que sinta confiança no Dr. Éverton e sua equipe. Mesmo os parceiros que eu busco para poder trazer um valor accessível para os participantes eu escolho a dedo”, observou.

O apresentador Cristiano dos Santos perguntou a Éverton: “Você não acha que se as pessoas pagassem mais por algo tão importante para elas, pois não traz só conhecimento, mas também networking, você não seria capaz de trazer palestrantes de fora, enriquecendo mais o evento, e fazendo crescer os profissionais, que poderiam dar mais palestras fora?”.

Respondendo à pergunta de Cristiano, Éverton Lopes disse que a grande questão nem é tanto de valor, mas sim a questão educação. “Nós precisamos educar o profissional esteticista. Por exemplo, se montarmos um evento para 200 pessoas aqui em São Paulo, em dois meses, pessoas das áreas de Vendas, de determinado setor do mercado, e convidarmos um grande palestrante da área, nós podemos cobrar naquele dia de evento, 400, 500, 1.000 reais. Teve um evento recente que eu não pude me inscrever por causa da minha agenda, que estavam cobrando 1.300 reais por um dia de evento, mas com 8 grandes mestres da área de Vendas”, comentou.

Éverton falou, também, que para se organizar um evento com sucesso, a comunicação é muito importante. Segundo ele, a pessoa precisa ser uma pessoa comunicativa, e ter credibilidade, ou seja, que tenham confiança no trabalho dela, do contrário ela não vai conseguir fazer um evento, nem mesmo dentro do seu próprio centro estético.

Quanto às parcerias, Éverton deixou bem claro que parceria é doação, é uma troca e, por isso, tem que ser sucesso para ambas as partes. “Eu preciso mostrar para meu parceiro que estamos aqui para negociar algo, que existe uma troca, ele me dá algo e eu também lhe dou”. Outra coisa que ele observou é que na parceria, se você prometeu algo você tem que cumprir, se não você se queima no mercado, pois mesmo que você não tenha um networking tão grande, esse teu parceiro, com certeza, tem.

Em relação a conseguir patrocínios para o evento, Éverton Lopes disse que não é fácil e observou que as contribuições nem sempre são em dinheiro. Algumas contribuem com doação de produtos, outras ajudando a divulgar. No caso desse próximo evento de Éverton, ele está com 19 patrocinadores, entre eles, a Unip e a Faculdade Hotec, que abriram as portas para ele divulgar aos alunos, o que, segundo ele, é muito importante.

Éverton Lopes reafirmou a importância do profissional de estética participar de eventos de sua área, dizendo que ele deve escolher analisando muito bem o temário, a proposta, a apresentação. Segundo ele, deve-se dar preferência a eventos que tenham multimarcas, que tragam o maior número de informações, que sejam realmente um grande encontro de profissionais e, principalmente, que sejam mais científicos.

O ideal, segundo Éverton, é investir o máximo que puder, participando a cada mês ou a cada dois meses, e nunca deixar para fazer a inscrição na última hora, quando os preços já estão mais altos. “Este deixar para última hora prejudica até mesmo os organizadores que, algumas vezes, acabam cancelando o evento por acharem que não vai ter o público esperado”, comentou.

Éverton falou também da postura do participante. Segundo ele, pela postura dá para saber o quanto aquele profissional está interessado em participar, o quanto ele está empenhando em realmente se informar, se aperfeiçoar. “E saiba que você está sendo observado. Por isso, chegue no horário, fique até acabar, anote o que for importante”, disse ele.

Everton Lopes e Cristiano dos Santos
Everton Lopes e Cristiano dos Santos

Para o próximo evento, Éverton Lopes e Eduardo Lipmann, responsáveis pela maior parte dos trabalhos de organização, já fecharam caravanas de Presidente Prudente, Bauru, e confirmaram a presença de esteticistas que vêm do Acre, de Tocantins, Minas Gerais, Rio de Janeiro e de vários outros lugares do Brasil.

O V Simpósio de Estética Científica será realizado no dia 19 de janeiro, Dia do Profissional Esteticista, no Teatro Gazeta, localizado na Avenida Paulista, nº 900, das 8h30 às 18h30. No encerramento, serão sorteados vários aparelhos de estética, fundamentais para se montar uma clínica.

E, segundo Éverton, agora em 2015, além do Simpósio virão outras novidades como novas parcerias, novos cursos como o de Lipomodelagem 4D, para redução de medidas, celulite, flacidez e desintoxicação corporal, que é um grande sucesso, e também Peeling de Impacto e Depilação com Luz Pulsada.

Finalizando a entrevista, Éverton Lopes falou da programação do V Simpósio de Estética Científica, que conta com temas e palestrantes conceituados no mercado como Street Massage com a terapeuta Regina Holzmann; uma palestra de empreendedorismo na estética sob o tema O Sucesso e a Beleza são a Chave do Sucesso com o Prof. Felipe Abrahão, da Faculdade Hotec; uma palestra de Ultra Lipólise 3D Fotoativada com Thamires Dantas; DNA Tecnológico, com power dose no tratamento de alterações em estéticas corporais, com Clelia Reis; Câncer de Mama e Reconstrução do Complexo Areolopapilar, com a técnica de Micropigmentação, com a palestrante Andrea Martins; Lipodesintegração Cosmética com Dra. Sheila Gonçalves; Clareamento de Axila e Virilha com Dra. Paula Tondato; técnica de Microagulhamento e suas aplicabilidades nas estéticas facial, corporal e capilar com Mariana Negrão; Marcadores Genéticos do Envelhecimento X Perfil Epigenético Individual com Marcela Altvater; Retexturização Epidermal com ácido Dióico com Dra. Fernanda Sanches e Sistema Rejuvenescedor Cutâneo com Dr. Luiz Carlos Antunes.

Quem quiser fazer a inscrição para o V Simpósio de Estética Científica ou para algum curso de Éverton Lopes, basta ligar para o telefone (11) 3313-2208 ou 0800 779 6380 para quem é de fora de São Paulo. Quem assistiu ao programa terá um desconto.

Acesse também:

www.esteticanatv.com.br

www.lojaestetica.com.br

www.lojaestetica.net

Estética na TV

View all posts

Adicione um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest

Share This