3 de abril de 2020

BIOSSEGURANÇA NA ESTÉTICA


Trata-se de um assunto muito importante, mas que infelizmente ainda é desconhecido para alguns profissionais. A biossegurança em estética requer atenção e consciência para ações de prevenção de doenças no ambiente de trabalho. Diante de uma realidade onde o mercado de clínicas de estética e os salões de beleza não para de crescer, devemos redobrar a atenção e cuidado neste sentido.

De acordo com informações da Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec), o Brasil é o terceiro maior mercado de beleza, atrás apenas dos Estados Unidos e Japão.

O significado etimológico da palavra Biossegurança é Vida e Segurança. A Biossegurança em Estética consiste em ações voltadas a prevenção de doenças neste ambiente de trabalho. Na relação entre profissional e cliente existem riscos, pela proximidade e contato físico que muitas vezes são necessários para os tratamentos – como a limpeza de pele.

De acordo com normas da Centro de Vigilância Sanitária do Estado de São Paulo, os profissionais que atuam na área de estética e beleza devem fazer uso de equipamentos de proteção individual durante procedimentos de: manicure, pedicure, podologia, depilação, limpeza de pele, corte de cabelo, retirada de barba, aplicação de produtos químicos pois ficam expostos a patógenos causadores de doenças, entre elas, hepatite B e C, herpes, gripe, tuberculose, micoses, AIDS e também a produtos que exalam odores tóxicos e que podem causar doenças.

Estética na TV

View all posts

Adicione um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest

Share This